Categoria: politicagem

sugestão.

Após a posse do, aparentemente, mais fofo dos papas que se tem notícia, o seu blog favorito divulga uma lista com sugestões ao novo potífice Argentino:

Caro Sr Papa Francisco:

Viemos através deste post, sugerir alguns ítens que com certeza levantará a moral da Igreja Católica Apostólica Romana e consequentemente a do Sr também:

1- A imediata abertura das portas do prédio sede do Vaticano e a derrubada do muro que cerca a região/pais;

2- Imediata divulgação do arquivo da igreja que agora comanda, fazendo com que toda a misteriosa papelada vá para um arquivo público mundial com acesso fácil pela internet e em aplicativos gratuitos para iphone, ipad, rim e andróide;

3 – Que qualquer religioso ou religiosa pertencente da sua Instituição possa amar, namorar, casar ou simplesmente beijar na boca o parceiro ou parceira de sua predileção e desejo (menos os menores de idade, please);

4- Sugerimos um pronuncionamento nas redes de TV, rádio e canais webstream do mundo inteiro. Onde o Sr possa perdoar todas as atrocidades cometidas pela igreja católica ao longo da história aos povos oprimidos, os mais pobres, sentenciados, excluídos, e torturados;

5- Sugerimos também que toda a riqueza concentrada da Igreja seja investida em programas eficazes contra a pobreza nos continentes mais necessitados (lê-se África);

6- Que todas as obras do renascimento trancadas no museu do Vaticano sejam leiloadas. E a renda, sirva de financiamento para pesquisas e descoberta de soluções para o combate as doenças mais graves desta terra;

7- Que em seus discursos o Sr possa sempre lembrar de respeitar as diferenças, culturas, outras religiões e opções sexuais;

8-  Possa incentivar seus padres e Bispos a celebrarem suas cerimônias ao lado do povo;

9- Que seja imediatamente permitido o ingresso de mulheres no Clero e ordenação destas a padres, ou padras (como seria heim?!)

10- Os anéis de ouro, as roupas de veludo vermelho, o dedo apontado condenando a culpa, todo o luxo, “pompas e circunstâncias” sem sentido sejam o mais rápido possível deixadas de lado e que faça prevalecer o carinho a fé e o amor pelo próximo.

Atenciosamente.

Oi gente…

Alimentado por milhões de emails recebidos e a louca de vontade de escrever muito, voltamos a esse blog preferido de uma galera para dizer que (de novo) voltamos e não ficaremos mais restritos ao twitter (mordemos nossa língua, lembra?).

Não sabemos se o parágrafo acima será cumprido à risca, o blog é feito por seres humanos que trabalham muito, vocês sabem.

Mas nessa nova fase de sabão?, as idéias estão renovadas, os acontecimentos borbulham, e os projetos continuam saindo do papel e virando realidade. E o sabão?, em 2011, volta com o pé fincado nesse chão querendo ser diferente mas com as mesmas análises ácidas que fazem sucesso no mundo todo!

Feliz Ano Novo!!! Feliz sabão? novo!!!

link

uma amiga querida me passou por email esse link:

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/PesquisaObraForm.jsp

o dito. levará você até um site do governo federal a qual disponibiliza, de graça, obras da nossa literatura e de outros países. além de peças de arte, fotografias, mapas, ilustrações, música erudita, música popular, imagens de satélite, etc. todos em arquivo pdf e/ou mp3 quando for música.

pela alegação de desuso da população, este nobre recurso periga ser desativado.

vai lá ó.

anota a nota.

foto do jornal extra on line.

Nota de esclarecimento

Nós, moradores de favelas de Niterói, fomos duramente atingidos por uma tragédia de grandes dimensões. Essa tragédia, mais do que resultado das chuvas, foi causada pela omissão do poder público.  A prefeitura de Niterói investe em obras milionárias para enfeitar a cidade e não faz as obras de infra-estrutura que poderiam salvar vidas.  As comunidades de Niterói estão abandonadas à sua própria sorte.
Enquanto isso, com a conivência do poder público, a especulação imobiliária depreda o meio ambiente, ocupa o solo urbano de modo desordenado e submete toda a população à sua ganância.
Quando ainda escavamos a terra com nossas mãos para retirarmos os corpos das dezenas de mortos nos deslizamentos, ouvimos o prefeito Jorge Roberto Silveira, o secretário de obras Mocarzel, o governador Sérgio Cabral e o presidente Lula colocarem em nossas costas a culpa pela tragédia. Estamos indignados, revoltados e recusamos essa culpa. Nossa dor está sendo usada para legitimar os projetos de remoção e retirar o nosso direito à cidade.
Nós, favelados, somos parte da cidade e a construímos com nossas mãos e nosso suor. Não podemos ser culpados por sofrermos com décadas de abandono, por sermos vítimas da brutal desigualdade social brasileira e de um modelo urbano excludente. Os que nos culpam, justamente no momento em que mais precisamos de apoio e solidariedade, jamais souberam o que é perder sua casa, seus pertences, sua vida e sua história em situações como a que vivemos agora.
Nossa indignação é ainda maior que nossa tristeza e, em respeito à nossa dor, exigimos o retratamento imediato das autoridades públicas.
Ao invés de declarações que culpam a chuva ou os mortos, queremos o compromisso com políticas públicas que nos respeitem como cidadãos e seres humanos.
Comitê de Mobilização e Solidariedade das Favelas de Niterói
Associação de Moradores do Morro do Estado
Associação de Moradores do Morro da Chácara

fato que desencadeou…

o post abaixo, fora incentivado por um email desabafo de um querido brother que tivera uma manhã daquelas por essas bandas. niterói tá um caos em todo o significado que essa palavra pode traduzir.

agora a pouco, de saideira, ficamos sabendo que o centro daquela cidade e todos os bairros estão sendo invadidos por todo tipo de violência em suas esquinas. quebra quebra, correria, comércio fechado, bombas caseiras, etc. os veículos de comunicação tradicionais divulga o que a assessoria de imprensa do 12º batalhão da PM local envia por ofício, “que nada passa de boato“. ficando a palavra e o desespero da população mais uma vez manipulada pelo poder do estado e dos empresários do 3º poder.

voltando ao blog. segue o email, que desencadeou o post sobre minha niterói e o comportamento embaçado de seus moradores diante a realidade da sua cidade:

Amigos desculpem pelo desabafo.

Amigos, essa tragédia que aconteceu em Niterói reforça o que venho dizendo já a muito tempo. Niterói está um lixo!!! A cidade está sendo detonada aos poucos. Quero saber quem paga essas pesquisas onde Niterói é apontada como cidade campeão no estado em qualidade de vida. Tá de sacanagem!

O Sr. Jorge Roberto Silveira, entre mandatos contínuos e alternados, ocupa o poder nesta cidade a 20 anos! Ele e seus asseclas…

Nesse tempo que medidas foram adotadas para a contenção de encostas? Que medidas foram adotadas para frear a favelização e ocupações irregulares? NADA!!!

Agora, milhares de obras foram autorizadas. Prédios e mais prédios são erguidos em locais onde moravam poucas famílias. A cidade está inchando e não há estrutura pra isso. Não temos ruas, avenidas e vias suficientes para suportar essa demanda.

E que ninguém venha me falar sobre o corredor viário por que é uma obra financiada pelo PAC!

A tempos que a região oceânica precisava de um posto de atendimento médico decente e esse senhor nos oito primeiros anos do seu mandato não teve a iniciativa para fazê-lo. O posto foi construído na gestão do PT com recursos do governo federal.

Hoje pela manhã eu vi uma entrevista do Secretário de Obras de Niterói ao Bom Dia Brasil. Quando perguntando o que o governo de Niterói faria de imediato para remover as pessoas das áreas de risco ele respondeu o seguinte: “tentar entrar em contato com governo federal para levantar recursos”. Pobres cidadãos….

Ainda hoje, pela manhã, o nosso prefeito deu uma entrevista para a Band News FM. O repórter perguntou: “Este é o seu terceiro mandato senhor prefeito. O senhor não se sente culpado já que poderia ter evitado essa tragédia através de obras de contenção e criação de políticas quem evitam a ocupação de morros e encostas?”
Resposta: “Esta é a terceira vez que o povo de Niterói me elege. Mereço estar no cargo.”
De enlouquecer né não???

Pra finalizar, dois dados importantes:

Niterói é muito menor do que a cidade do Rio de Janeiro e tem quase o dobro das mortes! Coincidência?

Eu, tentando chegar ao trabalho, rodei por toda a cidade de carro tentando chegar as barcas pra ir trabalhar. Não consegui e acabei parando meu carro na casa da minha amiga Patrícia do lado do Abel. Passei pela região oceânica, cubando, largo da batalha, charitas, icaraí, santa rosa, ititioca…… vi cenas inacreditáveis. A ilha de Lost, hoje, é Niterói!

Há uma forma de fazer com que pessoas como o Sr. Jorge Roberto Silveira – O prefeito tamanduá – não faça parte da vida política desse país. Pelo nosso voto! Pensem antes de votar nesse cidadão.

E se vocês tem outros colegas que moram em Niterói, por favor, repassem meu email para essas pessoas.

Vamos ter consciência política galera. A hora é agora!!!

Abraços a todos.

Resposta:

uma fiél leitora; profissão: editora de moda; idade: não informada; sexo: leitorA; nome: não sinalizou na mensagem para deixar sua identidade verdadeira em sigilo e muito menos assinou de maneira exótica. mas como não sou bobo nem nada, não falarei mesmo assim. vai que ela muda de idéia… seria uma lástima, pois o sabão? não possui reservas em $ para pagamento de indenizações por danos morais etc.

então.

a referida leitora, nos questionou por email acerca do comentário em um post abaixo sobre achar o povo da moda esquisito. “(…) como assim? você curte moda e nos acha esquisitos?

como sou atencioso com os leitores, principalmente os fiéis, segue relação de motivos pelos quais gosto do trabalho de vocês fashionistas, porém, não arredo o pé em lhes achar, de novo, esquisitos:

  1. qual é a graça e genialidade da diabo anna wintour (tenho que começar por cima)? tá bom tá bom, ela é editora do melhor produto do conglomerado de revistas condé nast, lê-se vogue américa;
  2. ombreiras? não era esse o acessório mais temido pelas mulheres quando se dizia anos 80? agora vocês vem com essa de que é moda usar ombreira?!?!!?
  3. carão. fazer tipo antipático, olhar blasé, estar sempre com cara amarrada e de óculos escuros dentro de uma sala escura. definitivamente, nã dá;
  4. é a única classe que não é unida. advogados, psicólogos, professores, padeiros, mecânicos e pintores se defendem até a morte. o povo da moda faz sabotagem com seu próprio parceiro de equipe até que ele morra;
  5. porque copiar os termos lá de fora para profissionais que trabalham em vosso meio? beauty artist = maquiador, new face = modelo novinha, hair stylist = cabelereiro, press = imprensa, mailing = lista de emails ou a finada mala direta. e por aí vai…
  6.  porque comer pouco já que voscês trabalham tanto? minha vó dizia… só a minha não, claro que a de vocês também. que “saco vazio não para em pé…” vocês correm o dia todo pra baixo e pra cima e comem alface com água perrier!?!?!?
  7. desejar uma bolsa louis vuiton por R$9.000,00 reais. o que posso dizer?
  8. não aceita nossa cultura. mas curtem a banda calypso;
  9. pouquíssimas negras e negros nas passarelas em um pais que eles são a maioria da população;
  10. festas só com bebida e nem buffet japa para disfarce. pelo menos com a moda do cupcake, espalham alguns bolinhos de canela e glacê de limão com confeitos por cima em uma mesa de vidro.

mas. como sou humano, e as vezes beiro ao mote incoerente. a moda, e o seu mercado em terras brasileiras sofreu uma mudança madura, importante e séria nos últimos anos. digamos, uma verdadeira revolução cultural. talvez impulsionada com a explosão da internet. confrontando, é claro, com a lista apresentada acima:

podemos notar claramente que a tal moda saiu do campo do padronizado. (digo. “se você não tiver tal peça estará fora de moda”). e sem culpa ou medo, respeita as tribos e os elementos que delas fazem parte. tá cada um na sua. e numa boa;

podemos ler e ver em entrevistas nos veículos televisivos e de papel, profissionais tolerantes e equilibrados apenas sugerindo;

desde a penúltima semana de moda de são paulo, após uma liminar apresentada pelo ministério público local, 10% das meninas e meninos que circulam com cara fechada naquela passarela tem de ser negra(o);

após o advento do bordado e de temas trazidos por estilistas como o super ronaldo fraga, a carioquíssima isabela capeto, e o life style (olha eu com termos em inglês aí ó…) minimalista-carioca da osklen. o brasil é cada vez mais usado como referência nas passarelas das semanas de moda;

grandes magazines estão convidando estilistas bacanas para desenhar coleções para venda em suas araras populares. marcelo sommer já fez um masculino bacanérrimo para a c&a, agora é isabela capeto que está com uma linha infantil na mesma loja. é a moda acessível;

havaianas, aquela antiga sandália dura, de peixeiro, feirante e pobre como antigamente falava, hoje é vendida a preço de ouro na europa e tem milhares de lojas franquias em todo país, inclusive na metida besta oscar freire. (uma amiga teve seu exemplar com a bandeirinha do brasil estampada surrupiada no famoso festival sonnar em barcelona);

nosso biquini. é o mais vendido e admirado do mundo. não, não é porque o desenho facilita o uso enterrado. é pela costura, modelo e estampa. ah tá;

e por fim, a de convir que vocês ajudaram a colocar o brasil na moda.

tá respondido?

incoerente eu?

momento twitter.

  • @sabão? tais araújo, ops, helena acaba de dar um modesto tapa na cara do vovô garoto josé mayer. foi bem fraco. nem tirou a maquiagem…
  • @sabão? caso isabella nardoni. expectativa para o veredicto. (copiado do globo news).
  • @sabão? que calor né?
  • @sabão? ai ai
  • @sabão? o bush tá com nojo do haiti. pra que qui foi então?!?!?!
  • @sabão? ai
  • @sabão? ui
  • @sabão? ui ui

cara. o twitter é um saco né?!?!?!

aqui no brasil com a tarifa de telefonia móvel sendo a 2ª mais cara do mundo, fica difícil, com exceção dos viciados e os bem economicamente equipado$, acompanhar a chatice do twitter.

fui a uma palestra no jornal o globo, não lembro o tema please, a qual o escritor joão paulo cuenca falava que estava em uma mesa redonda sobre um livro seu, quando derrepente, ao ver os micro posts em seu aparelho celular tinha a informação da morte do michael jackson. onde, bancando o espírito de porco comunicou o falecimento do rei do pop a sua platéia.

tá tudo bem, informações on line, on time e full time, como já disse aquele jornal. mas é muito chato aquilo tudo… uma tempestade de desabafos corriqueiros que sinceramente dá sono. e eu lá quero saber se a preta gil tá escovando os dentes ou testando uma tintura nova em um salão de ipanema?

tenho uma conta, ou seria microblog, no twitter. mas como me conhecem bem, gosto de verdade dos textos longos, análises, questionamentos e, digamos, escrever bastante, muito mesmo. quase uma tese. e definitivamente, no twitter não dá. pois de acordo com as regras, lá nós estamos limitados aos 140 caracteres.

mas o passarinho azul mais famoso da grande rede exerce sua função social. a ONU, os jornais e revistas mais importantes do mundo, presidentes, artistas descolados, e uma penca de pessoas interessantes estão teclando até 140 letrinhas por micro post. mantendo nós, seres sedentos por novidades e informações, antenados e ligados nos últimos acontecimentos dos quatro cantos do grande globo.

assim. faço as pases com esse tal de twitter se as operadoras de celular reduzirem as tarifas para o chamado serviço 3G, e de uma vez por todas a tecnologia seja acessível a todos residentes do lado de cá do equador.

pode ser incoerência, mas tô pensando em um twitter para o sabão?