Categoria: bombou

*super club – set 2.

Na certeza que essa semana será bem animada, segue abaixo sugestão de trilha sonora para os próximos dias.

Vamos lembrar que o *super club é o setor do seu blog favorito responsável por divulgar as músicas que embalam as cabeças criativas e pensantes desta página digital. Segue aí ó:

Toro y Moi – Imprint After
Cass McCombs -Harmonia
Notorious B.I.G. – Hypnotize
Real Estate – It’s Real
Vondelpark- California Analog Dream
Larry Heard – Missing You
John Talabot – Depak Ine
Toro y Moi – Imprint After
Gabor Szabo – Bacchannal
Steve Miller Band – Fly Like An Eagle
Phil Collins – I Don’t Care Anymore
Oslo Swan-Dreamin
Patchwork – Summertime
FallulahBack And Forth the funky lowlives-irreplaceable
The Cinematic Orchestra – To Build A Home (The Grey Reverend Version)
herbert-leave me know
Kid Bombardos – I Round The Bend (Tahity Acoustic Version)
Björk – Venus As A Boy

The Deep Sea.

No último sábado, a equipe do seu blog favorito foi convidada para a última produção da galera do site conceito dirtyblackdisco

Regada com um open bar honesto que fez a alegria e refrescância dos convivas e carregando o nome ultra sugestivo “The Deep Sea”, a festenha rolou em um barco sensacional que partiu da nossa Marina da Glória de sempre.

Com 40 minutos de atraso, por conta da equipe do Movimento Espontâneo, o evento rolou bonito pelo maravilhoso mar que cerca nossa cidade. Passou pela Baia da Guanabara em direção a nossa amada Niterói, e por lá jogou a âncora em frente a Prainha de Piratininga onde após algumas porções da saladinha de salmão marinado a galera pode dar o merecido mergulho na tarde que os termometros marcavam 41º.

Kayo (Califórnia), Count Choc (Chileno dos EUA) e Butter (de NY e o dono da coisa toda) fizeram a alegria da pista, dos nossos ouvidos, cinturas e rebolados com muito house, deep, jazzy, acid, tech e funk house, além de space disco, uk garage e minimal tech. Esses caras, derrepente sem saber, levaram a embarcação para as noites mais nobres do Rio como a *Valdemente, Dr Smith e a recém (talvez, não sei..) finada MOO. Foi incrível!

Como não só de boa música, comida criativa e bebidinhas soltas fazem uma boa festa os convidados foram um especial capítulo a parte. Eram poucos, o suficiente para manter a exclusividade da história. Só amigos, e os que não eram passaram a ser…

Sem carão, arrogância e/ou sofrimento, só alegria, muita alegria. A vibe realmente estava única. No retorno para a Marina todos se conheciam pelo nome e a troca de telefones e experiências foi inevitável.

Para o complete daquela belíssima tarde, nosso novo amigo e causador daquilo tudo o dj Butter e/ou produtor Brian Thomas comemorava aniversário naquele dia. Para homenagear com chave de ouro, um bolo de chocolate partilhado com todos encerrou o melhor evento de todos os tempos.

A história que durou apenas uma tarde foi tamanha especial que até hoje, terça-feira, 26/02/2013, às 23h e 11min nosso pensamento não sai do navegar daquela embarcação e dos belos momentos que ela e a galera do dirtyblackdisco nos proporcionou.

Muito obrigado e Parabéns Brian “Butter” Thomas!!!

Abaixo, segue copy da melhor e mais representativa imagem do últmo sábado, 23/02/2013. Pôr do sol e o kayo deixando as pessoas nervosas de felicidade com seu set.

Imagem

 

desse eu gostei…

Das estatuetas do Oscar entregues no último domingo a noite, a de Melhor Atriz Coadjuvante, para a simpática Anne Hathaway foi, para nós do sabão, a mais honesta de todas.

Gostamos muito da Anne, olha a intimidade, desde sua atuação em o ‘Casamento de Rachel” (segue copy do trailler by sony abaixo). Filme igualmente simpático que tem bateria e mulatas de Escola de Samba em uma das cenas da loooonga festa de casamento que toma conta de toda a película. Conquistou.

As milhares de críticas acima do seu modelo nude Prada não serão reproduzidas por essas entrelinhas, porque simplesmente gostamos muito da Hathaway e ficamos felizes por demais com sua conquista.

Parabéns garota!

divertido.

Deve ser muito difícil trabalha em um lugar assim…

Ou, os colaboradores do maior site de busca da internet fazem figuração quando da visita de algum jornalista e devem odiar esse ambiente parque de diversões.

Estou falando do google e sua nova sede inaugurada em São Paulo no último 15 de janeiro.

Será que é inveja nossa? Bom, vejam as imagens de matéria feita pelo site uol e tirem suas próprias conclusões. Nesse link aqui ó: google

Música pra cima!!!!

Vamos mudar a vibração dessa coisa?

Sempre perguntam para os colaboradores do sabão qual é a trilha sonora que embala suas idéias e ajudam a manter o ambiente da redação sempre fresh.

Para começar desvendar esse mistério, brincamos que temos um night club, assim mesmo como eram nos 70’s.

O nosso *super club, como é chamado nosso clubinho, não possui noite temática e djs residentes. A medida que conhecemos novas canções anotamos em uma pasta virtual e alimentamos nosso case para o embalo de um dia de trabalho.

Para inspirar sua trip, work, festinha private, aquele jantarzinho ou simplesmente alimentar o ipod com um set que ninguém tem, segue nosso primeiro set list para matar a curiosidade dos senhores:

 Blood Orange – Champagne Coast
Stevie Wonder – Past time paradise
Lockah – The Sour Drink From The Ocean
Bliss – stomp

John Legend – Everybody Knows
Arthur Verocai – Caboclo
Ornette Coleman – Peace

The Raveonettes – Forget That Youre You
Vondelpark – California Analog Dream

Soul Clap feat. Charles Levine – Lonely C

The Rolling Stones – Under My Thumb
Foreigner – I Want To Know What Love Is
Diana Ross – I’m Coming Out
Mink Deville – Spanish Stroll
Kelis – In The Morning
Greg Bouste – Champagne
Para One ft. Jaw – When The Night