você torce pra quê?

sou flamenguista desde criancinha, isso todos já sabem. o que vocês derrepente não sabem que o fanatismo e o total desapego as questões do mundo me assusta um pouco, ou melhor, muito.

fui poucas vezes ao maráca assistir meu time, não por falta de oportunidade. as cores, a bandeira, as brincadeiras com os adversários principalmente, gosto bastante. as partidas, tirando o falecido obina que me irritava profundamente, são sempre emocionantes e históricas (até as que o flamengo parece estar em um concurso de tango). Mas, não quero nesse post falar de futebol ou do flamengo pois isso qualquer tablóide especializado e/ou telejornal  nos informa diariamente.

quero tecer nesse diário digital, a relação dos grupos de torcidas com seu respectivo time e com aquilo que seria necessário sua atuação mesmo a violenta que no fundo no fundo descordo.

difícil?

explico.

moramos em um país maravilhoso, abençoado por deus, rico de natureza (ainda), alegre, matuto, mulato, e de 3º mundo, pobre, injusto, violento, corrupto, ignorante, faminto, e de outras tantas mazelas e belezas.

com sinceridade.  dado o parágrafo acima é compreensivo que um grupo de sujeitos se esbofeteiam, percam a voz, se machuquem, enlouqueçam, e reividicam por um escudo de duas ou três cores  enquanto tem gente morrendo de fome, os impostos aumentando, o salário sendo o mesmo, as condições das cidades estarem da forma degradante que estão, o acesso a educação ser tão difícil e restrito, onde o acesso a justiça, a cultura e a arte serem artigos de luxo e restritos a uma minoria?

apesar de ser um perna de pau gosto de futebol, e gosto muito do meu flamengo. e quero deixar claro que o dito post não é uma ode pseudo-intelectual em prol do fim da diversão do povo. o que considero é exatamente isso, o futebol ser lazer, diversão. não motivo para tomar calmantes, deixar de durmir, e/ou de ser um cidadão desequilibrado. o que sugiro e questiono nessas linhas,  é qual torcida fazemos e para o que. e o que essas torcidas poderiam fazer por uma sociedade melhor e mais digna.

vejam só, um clássico no maracanã chega a reunir de 60 a 70 mil pagantes (a famosa casa cheia) já imaginaram esse povo todo na frente da alerj ali na 1º de março em dia de assembléia pública pleiteando melhores condições no trânsito e consequente redução da passagem dos ônibus interurbanos? a de convir, que andar de ônibus no rio ou em qualquer outra capital é uma verdadeira epopéia de custo muito alto para o usuário.

já imaginaram esse mesmo público exigindo redução da comediante taxa de juros? pleiteando a preservação das nossas matas e riquezas naturais? pela reforma e manutenção de todos os hospitais públicos? pelo fim das ações duvidosas de políticos picaretas? etc.

poderia ficar até o dia de amanhã enumerando sugestões para as torcidas equivocadas de hoje e de sempre. posso relatar essa opnião de maneira confusa, talvez. ou, algum mestre em comportamento humano pode estar lendo o presente e me chamando de maluco e tarado. pois torcida é igual em qualquer lugar do mundo, principalmente as mais numerosas. mas na  minha cachola não entra essa possibilidade de ter tanta gente ausente dos problemas que nos afetam e estão a nossa frente (me incluo nessa gente). e essas torcidas, a nossa torcida, deveria ser trevosa como se apresenta para verdadeiros e mais dignos propósitos.

torcer é sadio, viver em grupo mais ainda além de ser de elevada e rica importância. mas a pergunta fica na cabeça, você torce pra quê?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s