simonal.

oi.

belezinha?!?!?!

então.

o lançamento da última semana nas salas de cinema do brasil, é o documentário defesa simonal, ninguém sabe o duro que dei. confeso que estou doido de vontade de vê-lo, confeso mais que uma amiga viu e forcei a barra para que ela me contasse como é o dito documentário, ela me contou. e contarei/escreverei com exclusividade para vocês leitores do sabão?.

cara. a primeira e mais curiosa pergunta que fiz a ela era se em um dos depoimentos tinha alguém que confirmasse a peleguice do ex-cantor das multidões (wilson simonal, é conhecido históricamente por ter sido o x9 do DOPS na época da ditadura militar nos anos 60, justamente no período que vendia milhões de LPs brasil a fora). como já era esperado, a dita película é uma reunião de amigos e familiares do falecido cantor que relata em emocionantes discursos a impossibilidade do wilson ter sido esse monstro que nossa sociedade conta até os atuais dias.

 muito justa a iniciativa. pois, o que minha nobre amiga contou é que na documentário, a partir dos relatos, após o simonal ter descoberto um suposto calote armado pelo seu contador ele procurou o DOPS ao invés de denuncia-lo a polícia. sendo esta a versão do cinema.

aproveitando-se da suposta inocência do cantor, o referido departamento das trevas  resolveu optar pela velha chantagem e mentiras desmoralizantes ante a vida do músico.  levando-o ao imediato esquecimento, posterior depressão, alcoolismo, e morte no ano de 2000.

no sítio da internet, sempre ela, há várias versões para o fato. uma delas, curiosa e assustadoramente relevante, diz-se que após a descoberta do calote dado pelo contador, wilson simonal de castro reuniu uns amigos da pesada e mandou dar uma surra no 7.1.

após recuperar-se da cóça, o dito profissional, que na época prestava serviços para vários atores e diretores da globo, armou a tremenda mentira com ajuda de um tal de joão carlos magaldi (diretor da central globo de  comunicação na época do evento) tornando imediatamente pública a forjada história que lamentavelmente teve um final triste como contado acima.   

qual é a verdade?

realmente não sei. só sei vereia a obra nesse final de semana e terei minhas conclusões após gostosa e costumeira roda de debate com os amigos .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s